Prefeitura de Juazeiro e Mineração Caraíba realizam monitoramento no açude de Pinhões

Início Prefeitura de Juazeiro e Mineração Caraíba realizam monitoramento no açude de Pinhões

Neste mês de junho dedicado ao Meio Ambiente, a Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaurb) e do Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE), está realizando diversas ações como parte da campanha voltada para os cuidados com a natureza.

Entre essas atividades, nos últimos dias, fiscais ambientais da Semaurb e equipe técnica do SAAE, juntamente com técnicos da empresa Mineração Caraíba visitaram o distrito de Pinhões, zona rural do município. O objetivo da ação foi colher amostras da água do açude localizado na comunidade.

Recentemente, durante inspeção anterior realizada pelos fiscais da Semaurb ao açude de Pinhões, foi  constatada mortandade de peixes. Naquela ocasião, foi colhida amostra de água e na análise preliminar, foram encontradas quantidades altas de ferro e coliformes fecais na água.

Novas amostras

Desta vez, os técnicos da Mineração Caraíba e do SAAE colheram novas amostras, com a finalidade de avaliar se o açude está contaminado e como está a qualidade da água do manancial.

“Esse trabalho conjunto entre a Semaurb, SAAE e Mineração Caraíba, a quem agradecemos pela parceria, é importantíssimo para podermos identificar as causas desse problema e traçarmos uma estratégia para resolvermos essa situação”, destacou o secretário de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano, Rubens Torres.

Ainda durante a visita de monitoramento, as equipes também realizaram um levantamento para a implantação do sistema de esgotamento sanitário da localidade.

“O corpo técnico do SAAE identificou que algumas residências do distrito de Pinhões já possuem rede coletora. Porém, a partir do levantamento feito nesta visita, nossos engenheiros vão estudar a viabilidade de implantação do sistema de saneamento na comunidade. A Prefeitura de Juazeiro avança com os cuidados para melhorar a vida da nossa gente”, ressaltou a diretora-presidente do SAAE, Josilene Alixandre.

Texto: Edísia Santos e Fabíolla Paiva – Ascom/PMJ

Compartilhar