Prefeitura de Juazeiro inicia fiscalização na área central para evitar acúmulo de lixo na frente de estabelecimentos comerciais

Início Home Prefeitura de Juazeiro inicia fiscalização na área central para evitar acúmulo de lixo na frente de estabelecimentos comerciais

A Prefeitura de Juazeiro, através da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaurb), iniciou no último fim de semana, uma operação na área central para orientar comerciantes sobre o descarte adequado do lixo gerado pelos estabelecimentos comerciais, principalmente bares e restaurantes.

Os fiscais de postura percorreram alguns bares, restaurantes e lanchonetes localizados na Orla I de Juazeiro e encontraram muitos sacos de lixo na calçada dos estabelecimentos, fora do horário que o caminhão de coleta de resíduos sólidos costuma passar no centro da cidade, que é às 8h da manhã e às 18h. De acordo com a Semaurb, a população estava denunciando a situação.

“Mesmo antes do recebimento de reclamações por parte da população, a gente já tinha feito um trabalho de orientação dos comerciantes do centro para que não depositassem sacos de lixo fora do horário que os caminhões da coleta passavam. Porém, mesmo com a ação educativa, muitos bares e restaurantes continuavam cometendo essa infração. Então, fizemos uma operação em que vários estabelecimentos foram multados e orientados novamente para que não façam isso”, explicou o supervisor de postura da Semaurb, Marcel Campelo Dias.

Campelo esclareceu ainda que semanalmente a fiscalização de postura repetirá a operação para inibir e coibir os comerciantes e estabelecimentos que desrespeitarem a orientação. No primeiro dia da ação, seis estabelecimentos foram flagrados e autuados. A multa para esse tipo de infração varia de R$ 120,00 a R$ 1.000. Em caso de reincidência, pode chegar a R$ 3 mil, e se o proprietário do estabelecimento persistir no erro poderá ter o alvará de funcionamento cassado.

“Flagramos bares e restaurantes que a partir de 15 horas já colocavam o saco de lixo na calçada, um comportamento que além de denegrir o meio ambiente, sujando as calçadas com restos de alimentos, também passava uma imagem negativa, de desorganização. A orla é o principal cartão postal da cidade, fica chato para os moradores e turistas chegarem e sentarem num restaurante e ter um monte de sacos de lixo na porta. Então, nós pedimos por gentileza a colaboração dos comerciantes da área central de Juazeiro que só coloquem os sacos de lixo na porta no horário que o caminhão do lixo costuma passar para evitar esse tipo de situação desagradável, caso contrário, a fiscalização de postura do município será obrigada a multar”, completou Marcel Campelo.

Texto: Edísia Santos – Ascom/Semaurb/PMJ

Compartilhar