Secretaria de Saúde de Juazeiro alerta sobre a inalação de fumaça

Início Secretaria de Saúde de Juazeiro alerta sobre a inalação de fumaça

Nesse período junino, a tradição nordestina de acender fogueiras pode ser prejudicial à saúde. Por isso, a Secretária de Saúde de Juazeiro faz um alerta à população com orientações e cuidados, especialmente com as pessoas que têm alergia respiratória.

 O médico alergologista do município, Franclen Rusvell de Carvalho, explica os riscos para a saúde de quem inala fumaça. “A fumaça libera gases tóxicos, como o monóxido de carbono e o cianeto, que quando são inalados podem desencadear processos irritativos como coceira nos olhos, irritação na garganta e nariz”, explica.

Pacientes alérgicos são os mais vulneráveis aos efeitos da fumaça. “Esses pacientes podem desenvolver crises asmáticas, de quadros de renites”, alerta o médico Franclen Rusvell.

Dependendo do que está sendo queimado, da distância da fumaça, o quadro pode ser ainda mais grave. “Além das dificuldades respiratórias, podem causar também quadros de intoxicação, piorando as crises  alérgicas e respiratórias”, explica o médico.

O que fazer

Se a inalação de fumaça provocar tosses, dificuldade de respirar ou dispneia (respiração rápida ou curta), a orientação médica é para que o paciente procure imediatamente a unidade de saúde mais próxima. “É importante tratamento imediato, principalmente com suporte de oxigênio”, finaliza o alergologista.

Texto: Maria Lima – Ascom/Sesau/PMJ

Compartilhar